Arquivo da tag: Estilo

Hippie Style!

Até que demorou pra eu escrever alguma coisa sobre moda no meu bloguinho né? Pois bem, cá estoy yo!

Não que agora vai virar blog totalmente pink, girlie e fashionista, não! Mas moda também faz parte da cultura, é influenciado por e exerce grande influência em, não é? Podemos até ver sua influência na política (alô, Cristina Kirchner?), como nossas vestes são influenciadas pelo cenário econômico (liquidações!) e até mesmo pelas guerras (tendência militar pra esse inverno ein!).
Além do que, a maneira de cada um se vestir revela muito sobre a personalidade e até ideologia que o indivíduo segue. Revela : ser escravo/vítima da moda ou manifesto contra a própria!

Por isso quero falar sobre a década que eu mais gosto: Anos 70!

Sim, os anos 70 foram de muita loucura,  sexo drogas e rock&roll #fato!
Mas não podemos ignorar a atitude libertária dos jovens da época. Cansados da mesmisse, das muitas regras que podavam a criatividade e padronizavam a sociedade; cansados da soberba humana e da mania do bicho homem de complicar tudo e querer fazer guerra por motivos N, a juventude dos anos 70 irrompeu com um way of life totalmente fora dos moldes socialmente aceitáves, querendo paz&amor. O movimento máximo contracultura da época é o movimento Hippie, nascido nos 60, mas com maior projeção nos 70.

Nos 70ties surgiram ou ganharam destaque muitos estilos musicais bacanas, que revelaram grandes estrelas até hoje dançados e cantados em festas e baladas, como a Disco Music (Glória Gaynor, Diana Ross hypada, Bee Gees, Donna Summer); Jazz Fusion; Reggae; New Wave Rock, dentre outros.

Mas e staile do pessoal?
Aí entra a minha dica-super-bacana da semana:
Blog Hippie Couture !

Muitas flores, delicadeza, romantismo, batinhas fofas, vestidos esvoaçantes, calças bocas de sino, head bands, cabelos ao vento, óculos escuros redondinhos ou gigantes, clogs , cintura alta , saint-tropez, couro rústico, rasteirinhas, patchwork, muitas cores, estampas mil, franjas, artesanatos, penas, liberdade nas combinações, tranças e exaltação ao natural. Se vestir era um manifesto cultural.
Tudo isso compõe a moda da época. Como diz o velho ditado: a moda é cíclica, então hoje, quase 4 décadas à frente, podemos ver tudo isso retornando às passarelas mais chiques e também ao povo da rua. Eu mesma sou uma super adepta aos 70ties,  mas de acordo com o meu tempo, personalidade e realidade.

Curtiu? Clickaki  e da + uma olhadinha! Adoooro!

Peace&Love!