Corinne “Fashion” Rae

Quase um mês sem postar? Ok, shame on me!

Alguns sabem, peguei uma maldita caxumba que está demorando 2 semanas pra passar, então não estou lá muito inspirada… Poréeeeem, com um pouquinho de atraso, consegui escutar o CD novo da Corinne Bailey Rae, então é sobre isso que vou escrever, vamos lá!

Com a delicadeza e leveza de sua voz, Corinne Bailey Rae vem com um novo trabalho, muito bem produzido e sincero. The Sea também é bem transparente com relação ao amadurecimento da cantora, que aqui no Brasil ficou bastante conhecida por “Put your records on”, música que pode ser considerada “de mulherzinha” e “fofa”(adoro!).

Em seu novo CD Corinne não muda de estilo musical, mas que deram um “grau” na mocinha durante esses anos, ah isso deram! Pelas fotos e pelo novo clip podemos ver uma Corinne bem mais produzida, moderna, mais segura e bem menos menininha inocente (linda!). Calma, ela não aparece nenhuma “wannabe femme fatale”, mas está bem mais madura. Até mesmo as letras de suas músicas transparecem isso, continuam falando de sentimentos, coração, busca de sentido para a vida, amizade, lembranças e tudo o mais, porém a entonação é diferente. Sem falar nos arranjos musicais, isso sim é prova viva de seu amadurecimento pessoal e artístico, tanto os arranjos instrumentais como os vocais.

De arranjo vocal a melhor é Closer, com uma levadinha soft de R&B com jazz, Corinne, que não é muito de extravasar, tenta arranjos novos que caem super bem sem deixar a leveza e simplicidade de lado. Já de arranjo instrumental, Feels like First Time ganha disparado, com arranjo forte de piano, equalização diferente de batera e linha de baixo bem clara, a música é quase pop, mas é indiscutível sua influência de black music dos anos 1960 – aliás, claramente no CD inteiro, onde a base de violão foi trocada por base de piano elétrico e linhas de baixo mais bem elaboradas.

Mas calma, como nem tudo é perfeito, Corinne escorrega em duas faixas, onde ela tenta um rockzinho bem característico de sua terra (Inglaterra), o que, obviamente, não tem nada a ver com ela.

Graças ao bom Deus, temos em The Sea um ótimo resultado de “hypada na cantora” (Joss Stone não foi muito bem sucedida) pois Corinne, mesmo mais fashion e mais produzida, deixa sua assinatura em cada faixa musical e não perdeu seu estilo nem identidade, apenas amadureceu bastante .

Deixo com vocês o primeiro Clip de trabalho desse CD:  Paris Nights, New York Mornings

Bjo Brasil!

Anúncios

Uma resposta para “Corinne “Fashion” Rae

  1. It took me sometime to hear this song (youtube is blocking my country from that video…)…

    Nice easy listening stuff, a good voice and soulful!

    I definitly need to learn portuguese to understand all the text you are writing ;D

    Beijos, Timmy.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s